Governador prestigia posse do Procurador Geral da Paraíba

 
O governador João Azevêdo prestigiou, nesta quinta-feira (29), a solenidade de posse do promotor de Justiça, Francisco Seráphico da Nóbrega Filho, no cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público da Paraíba para o biênio 2019-2021.
O evento ocorreu na Sala de Concertos do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, e contou com a presença de diversas autoridades do Estado.
Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância da harmonia entre os Poderes.
“Temos a certeza de que manteremos a parceria que vem sendo implementada, no sentido de que tenhamos o respeito mútuo e a independência dos Poderes. Precisamos entender, claramente, que temos uma missão a cumprir, com cada um atuando na sua área e com respeito às instituições”, pontuou.
O gestor também afirmou que o respeito entre os Poderes tem contribuído para a boa imagem da Paraíba no cenário nacional.
“Apesar das dificuldades que o país atravessa, nós temos a consciência do papel que desempenhamos. Sabemos onde estamos, para onde vamos e convictos de que o resultado positivo de uma unidade federativa não é obra apenas do seu governante, mas também dos governados, autoridades e poderes constituídos”, acrescentou.
O procurador-geral de Justiça do Ministério Público, Francisco Seráphico, destacou os desafios do novo mandato.
“Nosso desejo é continuar uma luta institucional de muita unidade interna e de muito respeito e harmonia com os Poderes e instituições. Ao longo dos últimos dois anos, tivemos a oportunidade de promover diversos avanços administrativos, como a contratação de diversos servidores efetivos, a organização da nossa Casa, além da forte atuação institucional. Essa é a nossa missão de atuar com harmonia e transparência para prestar um serviço cada vez mais qualificado à sociedade”, frisou.
Francisco Seráphico encabeçou a lista tríplice escolhida por membros do Ministério Público e encaminhada ao governador. A eleição ocorreu no dia 29 de julho e o promotor de Justiça obteve 179 votos.
A confirmação da sua recondução ao cargo de PGJ foi feita no ato governamental 2.294, que trouxe sua nomeação, publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 8.

folhadigital83

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA