ODE Patos: João Azevêdo entrega benefícios e população elege educação como prioridade

 

Com a participação de mais de 4.200 pessoas, a audiência pública regional do Orçamento Democrático Estadual em Patos elegeu, nesta sexta-feira (24) à noite, como prioridades de investimentos para o próximo ciclo orçamentário a educação (1.155 votos), saúde (975) e infraestrutura (598). O governador João Azevêdo participou da plenária, realizada no ginásio “O Gelão”, onde fez entrega de equipamentos para escolas da região, destinou créditos do programa Empreender Paraíba, recebeu homenagens e ouviu as reivindicações da população.
João Azevêdo abriu a plenária fazendo a entrega de créditos do Empreender Paraíba a 74 microempreendedores da região, totalizando investimentos de quase R$ 595 mil. Também fez a entrega de laboratórios de ciências aplicadas, com kits de energia solar para as escolas Auzanir Lacerda, de Patos, e Escola Ezequiel Fernandes, de Junco do Seridó.
Ao Corpo de Bombeiros Militar da região o gestor entregou equipamentos de segurança, com kits de resgate, colete balístico, materiais para salvamento, entre outros, no valor de quase R$ 300 mil, além de uma ambulância no valor de R$ 241 mil.
Essa é a festa da democracia participativa, do Orçamento Democrático Estadual. Todas as vezes que chegamos a uma região e vemos tantas pessoas participando, discutindo o futuro das suas cidades, ficamos extremamente felizes. O OD é exatamente este espaço, que de forma direta e próxima trata do futuro de cada localidade, trazendo à tona os problemas de todas as regiões. O OD é de extrema credibilidade. Ter todos participando é um prazer muito grande, disse o chefe do executivo agradecendo a participação de todos.
João Azevêdo agradeceu ainda a confiança recebida pela população da 6ª Região Georçamentária: Tenho sempre que agradecer a confiança que recebi ao ser eleito governador da Paraíba. Estamos aqui para manter a Paraíba avançando, dando um passo de cada vez, firme e forte, para que não percamos nada do que já conseguimos conquistar. Sinto-me muito feliz em estar aqui hoje em Patos dialogando com a sociedade. Nós precisamos avançar. Fomos eleitos para que a Paraíba não perca o ritmo, isso é uma marca do nosso projeto que fazemos questão de manter e preservar. É fundamental que cada região possa definir o uso desses recursos. É compromisso com o dinheiro público e o mais importante com a participação popular.

O governador também foi homenageado recebendo comenda pelo reconhecimento da continuidade do programa MedioTec. 
A homenagem foi por meio dos alunos da rede de ensino do município de Santa Luzia.  O MédioTec é um programa que visa à oferta de cursos técnicos concomitantemente ao ensino médio para alunos regularmente matriculados na rede pública de educação. O gestor ainda foi homenageado pela Associação das Louceiras Negras Quilombo do Talhado, em gratidão à reforma da sede da associação.
O prefeito de Patos, Sales Júnior, falou sobre a importância da continuidade do Orçamento Democrático. O OD é um evento importante para a população por oportunizar o diálogo direto, onde a população traz suas reivindicações e, sobretudo, as prioridades. Que este seja mais um momento de decisão e de realização para que possamos avançar cada vez mais. A cidade de Patos agradece ao governador, disse Sales Júnior.  

As prioridades eleitas nesta audiência serão tratadas na próxima etapa do Orçamento Democrático que será o Planejamento Democrático, na qual conselheiros e secretários de governo irão dialogar sobre as reivindicações apontadas. Dentre as principais reivindicações apontadas nesta noite estão a reforma de escolas e hospitais, construção de quadras poliesportivas, disponibilidade de cirurgias eletivas, além de construção de adutoras e saneamento básico.

A audiência em Patos contou ainda com a participação da vice-governadora Lígia Feliciano, do deputado federal Damião Feliciano, além dos deputados estaduais João Gonçalves, Nabor Wanderley, Dr. Erico, Antonio Mineral, Wilson Filho e Pollyanna Dutra, além de vereadores, prefeitos, e autoridades locais.
O Governo do Estado tem disponibilizado o aplicativo do OD Estadual para a indicação das prioridades, pela população, por meio do Portal da Cidadania (www.portaldacidadania.pb.gov.br), onde as pessoas podem indicar quais obras e ações gostariam que fossem desenvolvidas nas regiões. Cada pessoa pode indicar até três obras, e a validação do voto deve ser feita no dia e no local da audiência.
Prestação de contas- João Azevedo apresentou os investimentos realizados ao longo de todos os ciclos do Orçamento Democrático na região (2011 a 2018) e destacou algumas das ações realizadas na região. “O Governo do Estado está investindo mais de R$ 5 milhões na reforma e ampliação da Escola Estadual Coelho Lisboa, em Santa Luzia, e construindo outra unidade escolar em São José do Bonfim. Para os hospitais da região, mais de R$ 180 milhões foram destinados para o custeio hospitalar; R$ 4,6 milhões na construção do Hospital do Bem e R$ 816 mil para a aquisição de equipamentos médico hospitalares e raio X móvel do Unacon.

O chefe do executivo ainda apresentou investimentos realizados na área da infraestrutura (cerca de R$ 2 milhões) na construção da passarela sobre o Rio da Cruz, em Patos, e pavimentação de ruas em São Mamede, Várzea e Cacimbas; mais de R$ 215 milinvestidos no acesso a Junco do Seridó, entrada da BR-230 com divisa entre a PB/RN; mais de R$ 1,4 milhãona adutora de reforço para o abastecimento d’água da cidade de Emas; mais R$ 2 milhõesna construção de sistemas de abastecimento de água de comunidades rurais pelo Programa Água para Todos para os municípios de Catingueira, Desterro, Junco Do Seridó, Matureia, Passagem, Patos, Santa Luzia, São Mamede e Várzea; entre outros.

Para este ano, João Azevêdo apresentou o pacote de obras do governo que somam mais de R$ 1 bilhão de investimentos. São R$ 350 milhões em continuidade de obras, R$ 300 milhões – execução em seis anos - para quase 50 mil famílias da agricultura familiar, através do PB Rural Sustentável, R$ 38,7 milhões de obras que já foram entregues (habitação, educação, recursos hídricos e mobilidade urbana), mais R$ 90,4 milhões de obras sendo iniciadas nos 100 dias de governo, além de 100 novas obras sendo entregues até o mês de junho.

Fotos: André Lúcio

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA