Seca Aumenta e afeta 1,3 milhão de pessoas na Paraíba

O Índice Integrado de seca (IIS) verificou que houve expansão espacial da seca em toda Região Nordeste no mês de agosto. As áreas mais afetadas são os agrestes da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. De acordo com o estudo, 286 municípios estão classificados em condição de seca severa, 91 em condição de seca extrema e 25 em condição de seca excepcional.

Na Paraíba, quase todos os municípios são atingidos por algum nível de seca. Cerca de 70% das áreas agrícolas e de pastagens estão afetadas, conforme mostra o gráfico mais abaixo. A estimativa é de que 1,3 milhão de pessoas estejam sendo prejudicadas nos municípios com graus de seca mais intensos.



Gráfico mostra situação da seca em municípios paraibanos (Foto: Divulgação/Cemaden)

Conforme divulgado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), não há previsão de chuvas significativas até o final de setembro no leste do Nordeste. O órgão, que é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), informou que atualmente as condições climáticas relacionadas aos fenômenos El Niño e La Niña são de neutralidade, porém com chance de evolução para um El Niño até o fim do ano.

“Espera-se um episódio de El Niño durante a próxima estação chuvosa do norte do Semiárido. Como as condições de seca tem aumentado recentemente, sugere-se que as partes interessadas no gerenciamento e uso de água assumam um estado de atenção”, orientou o Cemaden.
Comparativo do IIS entre agosto/2018 e julho/2018 no Nordeste:

Seca Fraca: aumento de 630 para 557 municípios
Seca Moderada: aumento de 468 para 513 municípios
Seca Severa: aumento de 209 para 286 municípios
Seca Extrema: aumento de 40 para 91 município
Seca Excepcional: aumento de 0 para 25 municípios.

portal Correio

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA