Juiz diz que quem repassar fake news nas eleições pode ter o número de Whats App bloqueado

 
Um dos responsável pela propaganda eleitoral na mídia,  o juiz Sivanildo Torres alertou aos internautas, nesta sexta, que será contínuo o combate ao Fake News na internet. Além das punições previstas aos veículos de comunicação, que podem gerar multa e a retirada de rádio, tv, blogs e portais do ar, Sivanildo alertou que aqueles usuários que compartilharem mensagens difamatórias ou falsas pelo Whatssap podem ter o seu número bloqueado pelo aplicativo.

A Justiça Eleitoral da Paraíba está com um canal direto com os responsáveis pelo Facebook, Instagran, Google, Youtube e Whatsapp para fazer com que perfis sejam bloqueados e a origem das mensagens sejam rastreadas.

Com Correio Debate – 98 FM

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA