DEM participará de reunião com João Azevedo e diz que interese é de somar

  https://i1.wp.com/www.maispb.com.br/wp-content/uploads/2018/05/Efraim-Morais-1.jpg?resize=200%2C145
O presidente do diretório regional do Democratas, ex-senador Efraim Morais, comentando, por telefone, a hipótese de exclusão do DEM na vaga de vice-governador na chapa de João Azevedo (PSB) afirmou que está na expectativa de uma decisão e revelou ter sido convidado para reunião, ainda hoje, com dirigentes de outros partidos, para avaliação de cenários. “Reafirmo o que costumo deixar claro: somos de grupo e não hesitaremos em colaborar se decisões tomadas vierem a somar na campanha do esquema liderado pelo governador Ricardo Coutinho. Agora, temos uma postulação que está colocada de forma nítida e legítima e que reforça o agrupamento político para a disputa”, salientou.
 
O nome de Efraim foi colocado à disposição como alternativa para compor a chapa, no lugar de vice-governador. Ele já foi senador, primeiro-secretário do Senado, deputado federal e deputado estadual, secretário de Infraestrutura no governo Ricardo Coutinho e seu filho, Efraim Filho está entre os parlamentares de destaque na atual legislatura. Indagado a respeito da escolha do deputado federal Luiz Couto (PT) como um dos candidatos da coligação de Azevedo ao Senado, o presidente do DEM historiou que são conhecidas divergências entre petistas e democratas, oriundas de embates políticos anteriores. Mas disse que, de sua parte, abstrai essa questão, repetindo o mantra de que o DEM “continua disposto a somar”.
 
O parlamentar frisou acreditar que o governador Ricardo Coutinho, condutor-mor do processo de formação de chapa, a partir do PSB, tem habilidade política suficiente para administrar eventuais ruídos ou problemas. “Confiamos, portanto, nesse senso ou tirocínio do governador para com as questões políticas-partidárias. Ele tem em mãos uma radiografia da conjuntura estadual e também está antenado com os passos decorrentes da conjuntura nacional, de modo que dispõe de elementos suficientes para bater o martelo nessas horas decisivas”, acrescentou. O ex-senador lembrou que o Democratas, além da tradição enraizada na cena política estadual, desde que se tornou sucedâneo do PFL, tem influência reconhecida em redutos eleitorais influentes, sobretudo, no interior do Estado. “Estamos prontos a colaborar com o esquema do governador Ricardo Coutinho, desde que as definições em torno da chapa venham melhorar as condições da luta e favorecer a vitória do esquema nas urnas”, finalizou o ex-senador ao ser abordado pela equipe de “Os Guedes”.
 
Nonato Guedes

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA