Debate entre candidatos ao governo do estado apresentou propostas e acusações

Promovido pela TV Arapuan, o primeiro debate entre os candidatos ao Governo da Paraíba foi marcado pela apresentação de propostas e confrontos mútuos entre os concorrentes. Realizado na noite desta segunda-feira (14), o embate foi transmitido para todo o Estado, e contou com a participação dos candidatos João Azevêdo (PSB), José Maranhão (MDB), Lucélio Cartaxo (PV) e Tárcio Teixeira (PSOL).

João Azevêdo

Candidato do PSB, João Azevêdo revelou que, se eleito, vai viabilizar a construção do Ramal do Piancó – terceira entrada da transposição do São Francisco na Paraíba -, que levará água do rio para barragem de Condado, no município de Conceição.
“Dessa forma perenizaríamos o rio Piancó. Essa ação é extremamente importante. Teríamos a quantidade de água para a cidade consumir, oferecendo segurança hídrica no Vale do Piancó. Essa é a última área para ser colocado o projeto, para que possamos garantir e levar água para todas as cidades do Estado. A paraíba recuperou a capacidade de investir com recursos próprios, o que não havia antes. Se o governo Temer não fizer o terceiro Eixo Norte, nós o faremos com recursos próprios”, enfatizou.

José Maranhão

O candidato do MDB ao Governo do Estado, José Maranhão, comentou sobre a importância das escolas técnicas na Paraíba. Ele disse que o modelo de ensino no Brasil é equivocado e que não prepara o aluno do Ensino médio para o mercado de trabalho.
“É preciso corrigir esse problema na educação nacional. No governo, caso eleito, vamos manter o que está correto e corrigir o que estiver errado, mas sobre a educação técnica profissional implementada no governo atual, estamos em pleno acordo e acho importante que se tenha escolas técnicas nesse país”, observou.

Lucélio Cartaxo

O candidato do PV, Lucélio Cartaxo, disse que pretende construir o Hospital de Trauma do Sertão e transformar a Granja Santa, residência oficial do governo do Estado, em um parque jardim e no Museu da Inovação. Ele ainda saiu em defesa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que foi acusado de ser ficha suja. “Cássio tanto é ficha limpa que está disputando as eleições”, disse.
Lucélio ainda que falou sobre segurança pública. “A segurança é uma prioridade que deve ser encarada de frente, ouvindo a sociedade, fazendo parceria com os municípios para unificação de políticas públicas, a exemplo da criação de guardas municipais com participação efetiva nas cidades”, destacou.

Tárcio Teixeira

O candidato do PSOL, Tárcio Teixeira, não poupou nenhum dos adversários durante o debate. Acusou João Azevêdo de dividir palanque com “golpistas”, chamou José Maranhão de representante do governo Temer e disse que Lucélio estava aliado a um político “ficha suja”, como o senador Cássio Cunha Lima.


Tárcio também afirmou que é o único dos candidatos ao governo que tem condições de fazer um debate propositivo e citou algumas propostas. “Vamos buscar uma forma de garantir as progressões dos trabalhadores da Educação, realizar concursos públicos e dar a devida atenção a UEPB (Universidade Estadual da Paraíba”, frisou.
 Paraiba.com.br

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA