Vereador renuncia a liderança da bancada de situação na Câmara



O clima foi tenso durante a sessão desta Quinta feira, na Câmara Municipal de Santa Luzia, o vereador Netto Lima - MDB, utilizou a terceira parte da sessão para desabafar toda insatisfação que vinha passando dentro do seu partido.

O vereador disse que desde o início da atual gestão vinha percebendo que algumas pessoas ligadas à administração não se sentia a vontade coma sua presença, Netto disse que renunciou muitas outras coisas no passado da política para atender a nova administração, e virou que quando o atual prefeito foi presidente da casa trouxe um processo de cassação do seu pai e que em uma sessão cassou o mandato do ex vereador Anchieta Lima, mas que segundo ele a decisão foi tão injusta que através do deputado Luiz Couto após dois meses da decisão, o mandato foi devolvido à seu pai.

O vereador afirmou que atualmente não estava sendo convidado para participar de reuniões importantes para discutir sobre administração atual, e que projetos importantes para serem discutidos e aprovados só era de seu conhecimento no dia de protocolar na Câmara.

O Vereador chegou a afirmar que era líder de direito mas não de fato, e desde o dia que anunciou o desligamento do grupo Mota, encabeçado pelo os deputados Nabor Wanderley e Hugo Mota por questões pessoais, vinha sofrendo difamações por parte de pessoas ligadas à administração.

Netto Lima renunciou a liderança da bancada, deixando a vaga para o partido discutir e aprovar quem será o próximo líder de situação na Câmara e que vai continuar defendendo melhorias a favor do bem comum do povo de Santa Luzia.

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA