TRE cassa o mandato do prefeito e vice de Teixiera



O prefeito de Teixeira Edmilson Alves dos Reis, mais conhecido como Nego de Guri (MDB), foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE/PB), por compra de votos. Nas eleições de 2016, Edmilson distribuía material de construção em troca de votos de eleitores da cidade.

De acordo com a sentença da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), sob responsabilidade do juiz eleitoral Carlos Gustavo Guimarães e com parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), além da cassação do mandato dele e de seu vice, novas eleições devem ser realizadas após confirmação do julgamento nas instâncias ordinárias.

De acordo com o texto da Aije, “o investigado teria prometido 10 sacos de cimento a um eleitor em troca de seu voto e de seus familiares, entregando-lhe uma nota de autorização para receber  os mesmos em uma loja de material de construção”. A informação foi confirmada, ao longo da investigação, por funcionários do depósito de material de construção e por eleitores.

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA