'Nunca prometi que sairia ou não do governo', diz RC sobre possibilidade de disputar o Senado



Foi com essa declaração que o governador Ricardo Coutinho (PSB) abriu margens para se admitir uma candidatura dele Senado nas eleições deste ano. De acordo com o socialista, a sua renúncia depende da garantia da continuidade do seu governo.

“Eu apenas disse que na minha leitura, nessa conjuntura que eu estava vendo, o mais importante é fazer a política não da pessoa Ricardo, mas do projeto que eu represento. Eu não prometi que sairia ou não sairia porque isso, na verdade, seria uma idiotice da minha parte. Essa é uma decisão pessoal minha e, evidentemente, que analiso todos os fatos”, declarou.

Na rádio POP, o socialista reafirmou a crença de que elegerá seu sucessor e destacou a dependência dos aliados em torno do projeto político que ele comanda.

“Quem foi eleito fui eu, quem teve os votos fui eu, quem organizou o planejamento desse estado fui eu, quem representa o projeto político sou eu não em função de mim, eu tenho que pensar em todos os companheiros que representam o projeto e garantir que o estado continue nesse caminho porque não temos dinheiro sobrando, mas não tem dinheiro faltando”, finalizou.

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA