Seguindo a meta dos combustíveis, gás de cozinha tem novo reajuste



O presidente do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do interior da Paraíba, Bruno Agra, lamentou o aumento constante no preço do gás de cozinha e disse que essa é uma questão social.

Ele afirmou que o gás de cozinha e todos os combustíveis sofrem aumento de preço a partir desta terça-feira (16), em virtude do aumento da carga tributária

– O gás de cozinha envolve uma questão social. O gás de cozinha tem aumentado de forma esdrúxula, é um aumento indiscriminado e está seguindo o mesmo caminho dos combustíveis – disse.

Bruno explanou que o gás de cozinha que estava custando entre R$ 60 e R$ 65 vai passar a custar, em média, R$ 70.

*As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Caturité AM

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA