Hospital Metropolitano de Joao Pessoa realiza Processo Seletivo para mais de 1,2 mil vagas


Começam, nesta segunda-feira (18), as inscrições para o Processo Seletivo que vai contratar 1.289 profissionais de nível superior e médio para atuação no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Cinco por cento das vagas estão reservadas para pessoas com deficiência. As inscrições acontecem até o dia 25 de janeiro, das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, no mezanino 1- rampa 04, do Espaço Cultural, em Tambauzinho, na Capital.

Para fazer a inscrição, os candidatos deverão levar o formulário de inscrição, devidamente preenchido, junto com um documento de identidade com foto aceito no território nacional, podendo ser a identidade (RG), Carteira de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho (CTPS), passaporte ou Conselho de Classe Profissional Ativo; comprovantes dos pré-requisitos e dos cursos e experiências declaradas e currículo.

O Processo Seletivo será feito por análise curricular, entrevista por competência e haverá prova de conhecimentos técnicos ou redação. A aprovação gerará para o candidato a expectativa de direito de contratação. O IPCEP realiza as contratações conforme a necessidade do serviço.

Estão sendo oferecidas vagas para os cargos de almoxarife; ascensorista; assistente administrativo; assistente de RH; assistente social; auxiliar administrativo; auxiliar de almoxarife; auxiliar de farmácia; auxiliar de lavanderia; auxiliar de rouparia; biomédico; copeiro: costureiro; enfermeiro; enfermeiro auditor; enfermeiro do trabalho; engenheiro de segurança do trabalho; farmacêutico; faturista; fisioterapeuta; fonoaudiólogo; maqueiro; médico; mensageiro; motorista; nutricionista; odontólogo; operador de lavanderia; psicólogo; recepcionista; técnico de enfermagem; técnico de laboratório; técnico de radiologia; técnico de segurança do trabalho; técnico em TI e telefonista.

O resultado final será publicado no portal www.ipcep.org.br e os profissionais serão convocados, individualmente, de acordo com a necessidade da unidade de saúde. “O Hospital começa a funcionar no primeiro trimestre de 2018 e será referência em urgências e emergências de doenças neurológicas e cardiovasculares”, declarou a secretária de Estado da Saúde, Claudia Veras.

A gestão do hospital será pactuada entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Organização Social Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP), que irá administrar a unidade de saúde e será a responsável pelas contratações. As informações estão dispostas neste link.

correio

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA