Berg Lima deixa 5º BPM após quase cinco meses preso por corrupção

 

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (sem partido), deixou o 5º Batalhão da Polícia Militar na noite desta terça-feira (28), após um oficial de justiça apresentar a decisão do Superior Tribunal de Justiça que determinava a sua soltura.

A informação foi confirmada  pelo comandante do 5ºBPM, tenente-coronel Valério. Ele deixa a prisão após o Supremo Tribunal de Justiça conceder habeas corpus.

Apesar de ganhar a liberdade, Lima terá que cumprir uma série de exigências, a exemplo de não se ausentar da Comarca por 30 dias, não acessar as dependências da Prefeitura e se apresentar a cada 15 dias ao juiz.

Berg Lima foi preso em flagrante no dia 5 de julho em uma operação do Ministério Público e Polícia Civil. Ele foi flagrado recebendo dinheiro que seria supostamente propina de um fornecedor da Prefeitura.

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA