Presidente do PSB afirma que vereador de São Mamede deve ser expulso do partido


Chaguinhas Medeiros

O presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) na Paraíba, Edvaldo Rosas, declarou nesta quarta-feira (12), que o vereador Francisco das Chagas (PSB), do município de São Mamede, preso na última segunda-feira (10), suspeito de vender equipamentos da Secretaria de Educação do Estado da Paraíba, deverá passar pelo processo de expulsão do partido.

O socialista antecipou ainda, que a comissão provisória do partido na cidade de São Mamede será suspensa pela executiva estadual, uma vez que o vereador responde pelo cargo de presidente da legenda. Segundo Edvaldo Rosas, o conselho de ética estadual do PSB já foi acionado e o processo de expulsão deve ser iniciado.

A redação do Jornal da Paraíba fez contato com o presidente da Câmara Municipal de São Mamede, o vereador Neoclecio Andrade (DEM), que ressaltou aguardar a realização da audiência de custódia do suspeito, para o anúncio de qualquer medida. Ele disse também, que a orientação jurídica do procurador da Câmara Municipal é esperar os esclarecimentos dos fatos.

JPONLINE

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA