PMDB vai punir quem votar a favor da denúncia contra Temer; Veneziano entra na mira e poderá ser expulso



O presidente do PMDB, senador Romero Jucá, anunciou nesta quarta-feira (12), através das redes sociais, que os dirigentes da legenda decidiram fechar questão contra a denúncia de corrupção apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR), que tem como alvo o presidente Michel Temer (PMDB).

Isso significa que deputados peemedebistas que votarem pela continuidade da denúncia contra o presidente podem sofrer punição partidária, que vai de advertência até a expulsão.

Com a decisão, quem entra na mira do partido é o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB). Segundo a Folha de São Paulo, que procurou todos os 513 deputados federais, o paraibano votará a favor da denúncia.

Além de Veneziano, outros peemedebistas afirmam que votarão “sim” na acusação: Jarbas Vasconcelos e Sérgio Zveiter, que é o relator do processo que analisará a aceitação.

blogdogordinho

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA