Após Assembleia geral Professores declaram greve na UEPB


Em assembleia geral realizada na manhã desta quinta-feira (6), os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) decidiram entrar em greve e vão paralisar as atividades a partir da próxima quarta-feira (12). O anúncio da greve foi feito no início da tarde, depois da votação. Entre os docentes, 50 votaram a favor da greve, 23 votaram contra e 4 se abstiveram.

Por volta de 13h desta quinta-feira, a categoria já havia aprovado a paralisação por tempo indeterminado, mas ainda não havia decidido a partir de qual dia a greve seria mantida. Com a greve, apenas 30% do efetivo deve continuar trabalhando, por cumprimento a lei regulamentar.

Segundo a assessoria de imprensa da Associação dos Docentes da UEPB, (Aduepb), a pauta da greve inclui a exigência de que o Governo do Estado cumpra o orçamento de R$ 317 milhões; que abra negociações das perdas salariais de professores; contra a portaria da reitoria que limita gastos na instituição; contra a redução de vagas na instituição; e exigindo o cumprimento da lei de autonomia da UEPB.

G1

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA