Direção esclarece deúncia através de uma nota e afirma que Hospital NÃO corre risco de fechar as portas




NOTA:


Em resposta a matéria publicada no site www.tvsantaluzia.com, onde o vereador Thiago Augusto do PSD da cidade De Santa Luzia-PB usou a tribuna da câmara municipal de vereadores para chamar atenção do governo do estado, dizendo que o hospital sinhá carneiro localizado naquela cidade está faltando insumos, medicamentos e que os pacientes estão sendo obrigados a comprar os mesmos.

O hospital e maternidade Sinhá Carneiro esclarece que, devido ao fluxo do atendimento que é continuo, alguns medicamentos ao baixar o estoque os mesmos são reabastecidos quando necessário.

O hospital mantém profundo respeito pela comunidade, e mesmo diante de uma grande crise política financeira no cenário nacional, vem se esforçando para manter o atendimento de qualidade aos seus pacientes, mesmo com a sobre carga absorvida dos atendimentos ambulatoriais que deveriam ser nas unidades municipais de saúde da família, e que na realidade esses atendimentos deveriam ser de urgência e emergência, onde na verdade o 
hospital muitas vezes deixa de atender o paciente de urgência para realizar o atendimento dos PSF’s, a população termina tendo que recorrer ao hospital para conseguir as vezes uma simples receita que não é de obrigação do atendimento hospitalar e sim das unidades de saúde da família.

Em se tratando sobre a questão dos pacientes serem obrigados e ter que comprar medicamentos ou material, isso não procede.
É importante também esclarecer que a saúde é um bem valioso e metas de atendimentos vão na contra mão das diretrizes do sistema único de saúde, que prioriza por meio da atenção básica municipal a prevenção das doenças da população, “O Hospital Não Vai Internar Pacientes Sem Necessidade”.
E que esta unidade de saúde não corre o risco de finalizar suas atividades.  

Ascom HMSC

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA