Governo vai incorporar benefícios aos salários da PM para evitar uma possivel GREVE



Muito embora dizendo que não teme que ocorra o mesmo que está acontecendo no estado do Espírito Santo com a greve dos policiais militares, o governador Ricardo Coutinho (PSB) já antecipa que vai incorporar aos salários da categoria vários benefícios. O anúncio oficial deverá ser feito em breve.

Segundo ele, já está tudo costurado e será um esforço enorme que o governo vai fazer neste sentido, porque é um reconhecimento da política pública desempenhada pelo Estado.

Ele disse ainda que está fazendo isso por conta dos ‘opositores irresponsáveis’, que ficam estimulando o caos.

“A Polícia não é bucha de canhão e eles ainda não compreenderam isso”, afirmou.

O gestor comentou que a categoria se lembra que anteriormente as viaturas eram empurradas por não ter gasolina, que os pneus ficavam carecas e que os policiais saiam de casa sem munição e sabem da diferença abissal da política pública de hoje, que dá metas para serem cumpridas, com a de antes.

Além da incorporação de gratificações, os PMs irão receber ainda R$ 9 milhões em prêmios decorrentes do Projeto Paraíba Unida pela Paz, entre os dias 23 e 24.

“Isso era uma coisa que nem existia. Então, ninguém é bobo de jogar as coisas para o alto em função de uma preferência a fulano ou sicrano, que de vez em quando ressuscita achando que vai fazer o mal à população para desgastar o governo”, enfatizou.

Ricardo Coutinho lembrou ainda que quando recebeu o governo do Estado, um soldado, além de não ter armamento, ganhava apenas R$ 1.564,00, agora passou a ganhar R$ 3.057,00 no seu governo.

“Ou seja, eu sugiro que esse povo que joga pelo quanto pior, melhor, deixe a Paraíba seguir adiante, deixe a Polícia realizar o seu trabalho. Somos o único Estado que conseguiu reduzir o número de homicídios ao longo dos últimos cinco anos e isso deve incomodar muita gente”, pontuou.
paraibaonline

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Wats app
  • More...

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta

Scroll to top