Projeto que isentava taxa de iluminação pública para consumo ate 100kw é reprovado na câmara




A Bancada da oposição sugeriu isentar da taxa de iluminação pública para quem consome até 100kw/h, o projeto foi apresentado pelo os vereadores de oposição Netto ,Hominho, e Thiago, o projeto modifica o art. 4º da Lei Municipal Nº309/2002 de 30 de dezembro de 2002, que instituiu a Contribuição de Iluminação Pública-CIP.

Ao fazer o uso da palavra, o vereador Daniel disse que devido as constantes quedas de receitas do município, seria inviável aprovar a matéria.

O vereador Netto Lima se baseou em uma posição tomada pela a câmara de Juazeirinho, que radicalmente extinguiu, a taxa, no caso de Santa Luzia, seria estipulado um limite de 100kw/h para zona urbana na zona rural seria totalmente isenta ate 100kw/h, acima deste consumo, a taxa seria cobrada sobre 1% de acrésimo. 

O vereador Baita disse que prefeitura de Santa Luzia arrecada cerca de 45 mil reais mês, e que o debito mensal com a empresa responsável pelo o abastecimento de energia chega a pouco mais de 70 mil reais, com as luzes colocadas nos postes do município,  dessa forma o montante a prefeitura tem que arcar com recursos próprios.
Os discursos foram acirrados entre os vereadores Baita e Netto Lima, após uma hora e vinte minutos de debate a matéria foi rejeitada por 5 votos a 3.

ASCOM

3 comentários

  1. avatar rossandro lucena says:

    ACORDA SANTA LUZIA, VCS NAO TAO VENDO NAO, QUEM QUER O BEM DO POVO DESTA CIDADE, CAMBADA DE FAZ NADA ESSES VEREADFORES, AGORA VAMUS DA O TROCO A ELES NAS URNAS, ILUMINAÇÃO PUBLICA É CONTA DE PREFEITUTRA E NAO DA GENTE, SAFADOSSSS. RECEIBA BAIXA NA PREFEITURA??? FAZ MIM RIR

    • avatar Anna Perla says:

      A seguinte colocação está muito confusa: "...prefeitura de Santa Luzia arrecada cerca de 45 mil reais mês, e que o debito mensal com a empresa responsável pelo o abastecimento de energia chega a pouco mais de 70 mil reais, com as luzes colocadas nos postes do município, dessa forma o montante a prefeitura tem que arcar com recursos próprios."

      Pergunto: A fala do vereador Baita foi dessa forma confusa, ou apenas mal transmitida pelo redator mesmo?

      • avatar jonatas oliveira says:

        na fala, o vereador diz que, a população paga mensalmente 45 mil com taxa de iluminação pública, mas, a conta com a energisa dá em torno de 70 mil, com isso a prefeitura tem que fazer repasse do restante.

        COMENTÁRIOS AGORA