MPF divulga nome das pessoas detidas na operação Desumanidade da policia federal em Patos


O Ministério Público Federal está desencadeando desde as primeiras horas da manhã desta terça feira a segunda fase da Operação Desumanidade, que investiga desvio de recursos públicos em obras das áreas de saúde e educação em município da região de Patos.
Três pessoas foram presas e outras 14 foram encaminhadas de forma coercitiva para a sede do MPF para prestar depoimento.
Confira os nomes dos envolvidos na Operação Desumanidade.
Prisões Preventivas
-Cláudio Roberto Medeiros Silva sócios da empresa Soconstroi Construções e Comercio LTDA
-José Aloysio da Costa Machado Júnior
-José Aloysio da Costa Machado Neto -  procurador
Conduções Coercitivas
-Júlio César de Medeiros Batista - Prefeito Quixaba
-Wescley Candeia Santana - Presidente da Comissão de Licitação na época dos fatos e atual pregoeiro de Quixaba
-Ana Gerlane da Silva Formiga -  Integrante da Comissão de Licitação de Quixaba
-Maxuael Bran Soares de Lacerda-  Dono da Viga Engenharia
-José Vieira Dias Júnior - Júnior Pemba - Garantidor da Coencor
-Madson Fernandes Lustosa - Representante informal da Empresa Milenium
-George Ramalho Barbosa – Sócio Coencor
-Peter Ramalho Barbosa - sócio
-Ednaldo de Medeiros Júnior - Proprietário Empresa E.M.N. Construções e Locações LTD
-Sebastião Cícero dos Santos - Engenheiro que assinou documentos da empresa Soconstroi
-Evaldo Alves de Brito - Representante da Soconstroi em Quixaba
-Paulo César Leite - Representante do Prefeito de Quixaba no processo licitatório referente a concorrência 5/2015
-Ana Luiza Medeiros Machado - Filha de Aloysio Machado
-Desirré Castro Soares Machado - Esposa de Aluysio Júnior
Mais Patos 

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA