Vice prefeito Zezé não concorda com regras do código tributário de Santa Luzia, prefeito va reiunir equipe


O vice-prefeito de Santa Luzia, José Alexandre (Zezé), participou na manhã desta quinta-feira (04) da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal e, na oportunidade, faz uso da tribuna para pedir ao prefeito da cidade, Ademir Morais, que também estava presente à sessão, que coibisse a cobrança abusiva dos impostos que estão sendo realizados pelo setor de Tributos.

Segundo Zezé, há um certo desconforto no comércio local por conta de algumas medidas que estão sendo consideradas inconvenientes, tanto na cobrança de impostos, como na forma como está sendo realizada pela área competente.

O vice-prefeito citou o caso do alvará (licença de funcionamento do comércio), que teve seu valor acrescido, gerando queixas por parte de alguns comerciantes e empresários da cidade.

"O momento não é de mais imposto, haja vista a crise financeira pela qual está passando o país", alertou Zezé.


Em resposta, o prefeito Ademir Morais disse que irá se reunir com a equipe econômica e tributária da prefeitura para realizar uma revisão nas cobranças que estão sendo realizadas no comércio.

O gestor adiantou que a edilidade não tem sede de impostos e que a reforma do Código Tributário era necessária. "O município precisa de um instrumento legal e atualizado para ampliar e abranger novas empresas e tipos de comércio, mas o momento não é de fazer cobranças fora do contexto local, da nossa realidade", enfatizou.

Morais encerrou sua fala dizendo que a administração vem sendo prudente nos gastos e fazendo os cortes necessários para conseguir superar as dificuldades.

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA