Alta velocidade será flagrada por radares portáteis da PRF em qualquer trecho de BRs

Imagens captadas pelos radares fotográficos da PRF apontam que a alta velocidade foi verificada em 37.403 veículos em 2015.

O motorista que trafegar acima da velocidade em rodovias federais que cortam a Paraíba poderá ser flagrado por meio de radares portáteis. Os novos equipamentos da Polícia Rodoviária Federal não ficarão em pontos fixos das rodovias, o que vai ampliar o rigor da fiscalização nas estradas. Os radares portáteis passam a ser usados a partir desta terça-feira (2) em locais não divulgados.

Em 2015, a PRF registrou nas rodovias federais na Paraíba 302 acidentes, que geraram 75 feridos graves e 22 mortos. Imagens captadas pelos radares fotográficos da PRF apontam que a alta velocidade foi verificada em 37.403 veículos naquele ano.

“Diferente dos radares fixos, onde após passá-lo, grande parte dos motoristas voltam a imprimir altas velocidades até se aproximarem de um outro equipamento fixo, os radares da PRF são portáteis e usados em qualquer lugar onde as estatísticas indiquem incidência elevada de acidentes. Isso cria uma expectativa junto ao condutor. Ele nunca sabe onde um radar da PRF será encontrado, forçando-o a trafegar de maneira mais comedida”, divulgou a PRF nesta segunda (2).




Portal Correio

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA