Lideranças da oposição se reúnem e criam movimento em defesa de uma Santa Luzia melhor

Lideranças políticas estiveram reunidas nesta quarta-feira, 20 de janeiro, na Chácara JN, para avaliar a atual situação política de Santa Luzia e discutir as eleições 2016.
A reunião foi coordenada pelo presidente do PMDB, Francisco Ferraz (Chicão) e contou com a participação dos presidentes de partido José Alexandre (Zezé), Aderaldo Dantas (Toró) e Bivar Duda (Coordenador do GTE/PT). Também estiveram presentes os atuais vereadores José Aldeido (Hominho), Netto Lima e Thiago Medeiros além de outras lideranças do PMDB, PSD, PT, PR, PP, PTB e Rede Sustentabilidade.
Após avaliarem a conjuntura política local, as lideranças partidárias decidiram unir as forças e apresentar ao povo de Santa Luzia um projeto político de mudança que possa contribuir com a melhoria da cidade. Sobre a indicação do pré-candidato a prefeito o grupo decidiu que no início de abril vai divulgar quem irá disputar a prefeitura. Já a decisão sobre o vice será posterior.
“Ninguém tira das mãos do povo a mudança de Santa Luzia e é por essa razão que nós vamos aumentar o diálogo com a sociedade e apresentar candidaturas que possam representar esse sentimento de mudança”, afirmou Chicão.
Para Zezé a reunião foi um grande avanço porque consolidou a união dos partidos de oposição em torno de um ideal que é fazer o melhor por Santa Luzia. Aderaldo Dantas disse que foi muito importante a união do grupo em defesa de Santa Luzia e que vai trabalhar para fortalecer o grupo que representa a melhor proposta de desenvolvimento para a cidade. Bivar Duda, por sua vez, salientou a necessidade de envolver os movimentos sociais e outras organizações da sociedade civil na discussão das saídas para os problemas que o município vem sofrendo.
As outras lideranças que estiveram presentes foram: Flavio Marinho, Félix Júnior, Saturno Medeiros e Nivaldo Venâncio (Bibi), todos do PMDB; José Néris (da Rede); Professor José Aderivaldo e Neto da Barra (do PT); Everaldo Sousa, Ubiratan e Márcio (do PR) e Bartô Dantas (do PP).

0 comentários

COMENTÁRIOS AGORA